Está em curso uma reforma política ambiciosa que tem o objetivo de reduzir o número de partidos para oito. A informação é coluna Radar On-line da revista Veja. O governo Michel Temer trabalha com um projeto de reforma simplificada, cujos dois itens principais são: o fim das coligações e a instituição da cláusula de barreira.

Se estes dois temas forem aprovados, o governo estima que o número de partidos políticos caia para oito. Um assessor palaciano arrisca que ficarão no máximo dez partidos. O objetivo é colocar um pouco de ordem no complicado tabuleiro político brasileiro. Se vai vingar, é ver para ver crer.