O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu aprovar a extensão da licença Maternidade para seis meses, segundo informou nesta quarta-feira (20) o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em entrevista a emissoras de rádio do estúdio da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

“O presidente já decidiu que vai aprovar, não vai vetar esse projeto de modo que esse beneficio seja estendido a todas as mulheres brasileiras”.

Mantega disse que teve de mostrar ao presidente quanto custa o negócio. Ele disse que é fácil aprovar uma lei que traz um benefício, mas a Fazenda tem de dizer quanto vai custar isso para a União.

“O custo disso é de R$ 800 milhões por ano. E eu sou obrigado, como ministro da Fazenda a dizer ao presidente: ‘Olha vai custar isso e portanto temos que ter verba no nosso orçamento para viabuilizar'”.