O presidente do diretório estadual do PMDB, deputado federal Gustavo Fruet, apresenta amanhã, durante o realização da primeira etapa do recadastramento de filiados em Curitiba, proposta contendo uma série de ações destinadas a preparar o partido para as eleições de 2004. Entre elas está o estabelecimento de critérios para coligações e para filiação de lideranças e possíveis candidatos.

Em segundo lugar, Fruet defende que o partido estabeleça um diálogo com a sociedade. Nesse sentido, vai propor a realização de uma série de seminários destinados a traçar um diagnóstico de Curitiba e colher subsídios para um plano básico de governo. “A intenção é que militantes e possíveis candidatos recebam informação atualizada e possam contribuir, em 2004, para um bom debate sobre a cidade”, afirma Fruet. A idéia é realizar os seminários a partir de março, mês do aniversário de Curitiba, até março do ano que vem.

Paralelamente, o presidente do diretório defende um debate sobre estratégia eleitoral, inclusive com a realização de pesquisas. Outra proposta é a realização de cursos para a juventude peemedebista, abordando, além de questões partidárias e doutrinárias, temas como orçamento, Lei de Responsabilidade Fiscal e estrutura política e partidária.