O secretário da Casa Civil, Rafael Iatauro, desistiu de concorrer à Câmara dos Deputados. Há dias, esteve internado no Incor, em São Paulo, por problemas coronários.

Depois de receber alta, teve que ser medicado porque teve reações ao remédio. Agora, Iatauro decidiu que em nome da boa saúde vai ficar longe da disputa. Mas vai dar palpites na sucessão estadual.

Disse que o vice Orlando Pessuti tem todo o direito de ser candidato ao governo, mas que analisando friamente o quadro da disputa, “dificilmente, alguém ganha do menino”. O “menino” é Beto Richa (PSDB).