De acordo com a pesquisa Ibope/TV Anhanguera, realizada entre os dias 17 e 19, Marconi Perillo (PSDB) tem 48% das intenções de voto e Íris Rezende (PMDB) tem 44%. Como a margem de erro da pesquisa é de 3%, para mais ou para menos, há empate técnico entre os dois candidatos em Goiás. Os votos brancos e nulos somaram 3%, e os eleitores indecisos 5%.

A pesquisa ouviu 1.204 eleitores em municípios de Goiás. E foi registrada no TRE sob o protocolo 36428/2010. Analistas indicaram que o crescimento da campanha de Íris, que perdeu no primeiro turno, deve-se a dois fatores: O apoio do PDT ao PMDB e PT, definido pelo ministro do Trabalho Carlos Lupi, e a liberação de R$ 3,728 bilhões, pelo Governo Federal na semana passada, para salvar da falência a estatal Celg. Por fim, a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em comício de Dilma, em Goiânia, podem ajudar Íris Rezende e o PT.

Na pesquisa de votos válidos, Marconi tem 52% das intenções contra 48% de Íris Rezende. A margem de erro é de 3%, para cima ou para baixo.

Dilma x Serra – Na disputa presidencial, a pesquisa estimulada Ibope/TV Anhanguera revelou que entre os eleitores de Goiás, o tucano José Serra está na frente com 47% das intenções dos votos contra 45% da petista Dilma Rousseff.

A margem de erro da pesquisa é de 3%, para mais ou para menos, e o Ibope/TV Anhanguera ouviu 1.204 eleitores em 56 dos 246 municípios de Goiás. A pesquisa foi registrada sob nº de protocolo TSE 36428/2010.

Por regiões do Estado, o candidato José Serra lidera em Goiânia (48% a 41%), no entorno do DF (52% a 38%). Na região central, envolvendo as cidades de Anápolis e Aparecida de Goiânia, administradas respectivamente pelo PT e o PMDB, José Serra leva vantagem (52% a 41%) sobre Dilma Rousseff.