O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador João Cláudio Derosso (PSDB) visitou a redação dos jornais da Editora O Estado do Paraná para mostrar ao presidente da editora, ex-governador Paulo Pimentel, os projetos de reforma do Prédio Histórico da Câmara.

“O prédio tem sérios problemas estruturais, não tem fundação e está rachando de cima para baixo, podendo ficar condenado em pouco tempo”, disse. Derosso atribuiu à preocupação com a estrutura do prédio a discussão com os estudantes na última segunda-feira. “Eles descolaram nossos avisos para não se apoiar nas colunas. Era questão de segurança, se alguém encostasse, poderia cair tudo no meio do plenário”, disse.

Derosso explicou que, para a reforma do prédio, serão utilizados os recursos do recém-criado fundo da Câmara Municipal. “Ano passado devolvemos R$ 2,9 milhões à prefeitura. Foram R$ 23 milhões desde 2001”, disse.