O prefeito eleito de São Paulo, João Doria Jr. (PSDB), admitiu há pouco que, por ser muito econômico em seus gastos, ficou feliz por ter se livrado de custear uma campanha em um eventual segundo turno na disputa na capital paulista.

“O pessoal da Prefeitura que se prepare, vão ter que apagar a luz”, disse o tucano, brincando com sua fama de “mão de vaca”, durante participação no programa Roda Viva, da TV Cultura.

Doria afirmou também que, durante a campanha no primeiro turno, recusou a sugestão de seus assessores de atacar seus adversários como um plano B para crescer nas pesquisas de intenção de voto.

“Não tem lado B não, só tem lado A. Eu não fiz isso nas prévias e não fiz isso na eleição”, declarou, dizendo em seguida que fazer isso com seus adversários seria uma “maldade com as pessoas”.