O ex-prefeito, e hoje deputado federal, Luciano Ducci (PSB) foi condenado a ressarcir em R$ 79 mil a prefeitura de Curitiba. O valor será corrigido pela inflação, e pode subir a mais de R$ 100 mil. Ele foi acusado de utilizar o site institucional da prefeitura e serviços de telemarketing bancados pelo município pra autopromoção. A decisão foi da 4.ª Câmara Cível, do Tribunal de Justiça (TJ), a partir de ação proposta por quatro vereadores do PT e do PMDB que estavam na bancada de oposição durante sua gestão.

Em 2011, um ano antes de Ducci concorrer à reeleição, a prefeitura utilizou telemarketing pra divulgar o suposto início das obras do metrô que acabou não ocorrendo e a implantação do Ligeirão. No entendimento da Justiça, ambas as mensagens tinham a finalidade de colocar o prefeito como o responsável por esses serviços o que seria uso de dinheiro público pra propaganda pessoal.

Através de sua assessoria de comunicação, Ducci disse que vai recorrer da decisão. Ducci contesta também o valor da indenização. No seu entendimento, R$ 79 mil foi o valor pago por todas as ações de telemarketing da prefeitura as peças referidas na ação custariam R$ 14 mil. O ex-prefeito diz, ainda, que as mensagens foram divulgadas “como meio de comunicação com a população”, sem qualquer finalidade eleitoral.