A Secretaria Estadual de Segurança Pública baixou, ontem, resolução que trata da lei seca no dia das eleições municipais. O secretário Luiz Fernando Delazari não acatou o apelo dos comerciantes, que pediam o fim da lei seca, ou, ao menos, sua redução e proibiu o comércio de bebidas alcoólicas entre a 0h do dia 5 e a 0h do dia 6 em todo o Estado.