A exclusão do deputado Luiz Carlos Hauly da lista de candidatos do PSDB às eleições proporcionais deste ano ainda deve dar muito pano para manga. Ontem lideranças políticas e empresariais de Londrina enviaram à executiva regional tucana uma carta aberta criticando a decisão e observando que ela pune, na verdade, a população londrinense, que tem em Hauly um de seus principais representantes em Brasília.

“A decisão, baseada num argumento jurídico, deixa de lado a história e o trabalho de um dos líderes partidários mais respeitados do país e defensor dos princípios e do programa da social democracia brasileira, um defensor do PSDB. O deputado federal Luiz Carlos Hauly é companheiro dedicado e leal, que soube defender o partido em Londrina, no Paraná e no Brasil. Seu comportamento e atitudes como parlamentar preocupado com o Brasil e a população, fez merecer o reconhecimento de todos, da esquerda à direita, mas sem dúvida nenhuma, o maior mérito é ser respeitado pelo seu partido, o PSDB. Respeito e reconhecimento que, neste momento, no Paraná é negado”, critica a carta..

E encerra apelando à comissão provisória estadual que reconsidere o veto, garantindo a candidatura do parlamentar. O documento é assinado pelo presidente da Câmara Municipal de Londrina, Tercílio Turini, pelo ex-prefeito Wilson Moreira, pelo ex-presidentevda Associação Comercial e Industrial de Londrina, Walter Orsi,0 pelo vereador Roberto Kanashiro e pelo ex-vereador Carlos Kita.