Porta-voz do movimento Vem Pra rua, um dos organizadores dos panelaços de hoje durante a exibição do programa do PT na TV, o empresário Rogério Chequer avalia que o protesto de hoje foi mais significativo do que o registrado em 8 de março, quando a presidente falou em cadeia de rádio e TV por ocasião do Dia da Mulher.

“Dessa vez a Dilma não falou. Foi só o Lula. Estão colocando todos no mesmo grupo e isso é muito significativo. O ex-presidente deixou de ser um bastião de resistência do PT”, diz.