O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta tarde que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), não pediu para falar com ele. “O Sarney não pediu conversa comigo. Ele é presidente do Senado”, disse Lula, ao deixar cerimônia de sanção da lei que anistia estrangeiros em situação irregular no Brasil, no Ministério da Justiça, e ser questionado pelos jornalistas sobre um possível encontro com Sarney.

Apesar de afirmar que Sarney não pediu uma conversa com ele, diante da insistência dos jornalistas sobre a data do encontro, Lula acabou dizendo que será “talvez amanhã”.