No encontro com governadores e senadores eleitos ocorrido nesta manhã no Palácio da Alvorada, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um apelo para que trabalhem para eleger a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, no segundo turno. Lula pediu aos aliados que se empenhem pela vitória em seus Estados, pedindo à militância que se mantenha mobilizada e peça votos para Dilma.

Lula afirmou aos participantes do encontro que participará ativamente da campanha e que comparecerá ao maior número de comícios possível. Ele também prometeu se engajar nas campanhas dos candidatos aos governos estaduais que disputam o segundo turno, principalmente em Goiás e Alagoas, onde os adversários são do PSDB, partido de José Serra.

Segundo o senador Paulo Paim (PT-RS), Lula estava bem humorado e otimista. “Ele garantiu que se cada um fizer a sua parte, temos condições de ampliar a vantagem sobre Serra no segundo turno”, relatou Paim. Ainda segundo o petista, Lula observou que a atuação da militância e a eleição da maioria dos deputados e senadores da base aliada mostra que o País quer a continuidade de seu governo.