O senador Blairo Maggi (PR-MT) informou na tarde de hoje que recusou, oficialmente, o convite para comandar o Ministério dos Transportes. Ele foi cotado para substituir Alfredo Nascimento, também do PR, que deixou o cargo na semana passada depois de denúncias de irregularidades em órgãos ligados ao ministério, como DNIT e Valec. Blairo, em entrevista no Senado, disse que conversou por telefone com a presidente Dilma Rousseff e que, nessa conversa, declinou definitivamente do convite.