O deputado estadual Valdir Rossoni (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa, afirmou que as medidas que vem tomando para reorganizar Casa vai gerar uma economia de cerca de R$ 5 milhões por mês.

A informação foi dada na entrevista que ele concedeu na manhã desta terça-feira (15) para a Rádio CBN Curitiba. Rossoni explicou sobre a situação da Assembleia Legislativa e os supersalários que alguns funcionários recebiam. “O problema não está nos salários dos deputados. Estava na estrutura viciada ao erro. Como um segurança pode ganhar R$ 17 mil?”, questionou.

O deputado ainda disse que os diretores anteriores da Assembleia Legislativa ganhavam entre R$ 24 mil e R$ 30 mil. Os novos diretores vão receber até R$ 17 mil, valor estipulado após acordos. “Vamos passo a passo regularizar a Casa. Quero até o fim de março colocar a casa em dia para depois dizer que esta é uma Casa transparente”, comentou.

Sobre a situação dos servidores que se tornaram efetivos sem concurso público, Rossoni garantiu que não haverá tratamento individual. “Não haverá privilégios, mas não há perseguição. Aqueles que estiverem dentro da lei, tranquilo”, afirmou.