O secretário estadual de Turismo, Cláudio Rorato, esteve ontem em Brasília participando de audiências com o Ministro da Defesa, José Viegas, e com o ministro do Turismo, Valfrido dos Mares Guia. Pediu a garantia do governo federal de que haverá uma solução quanto à instrumentalização dos Aeroportos de Curitiba e Foz do Iguaçu. “Queremos o fortalecimento da viação regional pelas companhias nacionais”, disse o secretário. Segundo ele, isso tornará possível a adoção de uma política de “charterização” (vôos não regulares). Essa política poderá definir a regulamentação dos vôos específicos do Paraná, sobretudo para a região de Foz do Iguaçu, para essa modalidade de fretamento.

Outra reivindicação do Secretário foi em relação às tarifas aeroportuárias. A intenção do Paraná é que haja uma revisão nessas taxas, cobradas principalmente pela Infraero, e que sejam adotadas tarifas diferenciadas em especial para os vôos do Mercosul. Rorato também solicitou ao Ministro da Defesa, a revisão das autorizações para pousos e decolagens, dos vôos que partem do Paraná, nos principais aeroportos brasileiros.

“Queremos que todas as empresas aéreas tenham os mesmos benefícios com respeito a essas autorizações. Atualmente, somente as grandes empresas aéreas são beneficiadas”, destacou o secretário de Turismo do Paraná..