Carros passam buzinando na rua Pouso Alegre, onde fica o Instituto Lula, no Ipiranga, zona sul de São Paulo. Alguns gritam ofensas contra o ex-presidente, outros usam cornetas como incremento ao barulho dos veículos. Num clube vizinho ao instituto foram ouvidos rojões, aparentemente soltos dentro do prédio do clube.

Lula deixou o prédio por volta de 20h15 sem falar com a imprensa. Enquanto ele estava no prédio cerca de dez manifestantes protestaram na calçada, batendo palmas e chamando o ex-presidente de “ladrão”. Eles já se dissiparam e não houve registro de violência física.