A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Londrina ajuizou, ontem ação civil pública contra o prefeito Barbosa Neto (PDT) e os secretários municipais de Gestão Pública, Marco Cito, e de Comunicação, José Otávio Ereno, por improbidade administrativa.

Segundo o MP, Barbosa e os secretários são acusados de cometerem irregularidade na licitação para a contratação de empresa de publicidade. Segundo a denúncia, a prefeitura contratou por carta convite, empresa para divulgar o aniversário da cidade, em 2009, num contrato de R$ 100 mil, sendo que a licitação simplificada tem teto em R$ 80 mil.