A 2.ª Vara Federal Criminal de Curitiba, especializada em crimes contra a lavagem de dinheiro, recebeu ontem duas das nove denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal no dia 1.º de agosto. O recebimento das denúncias é um ato processual pelo qual os juízes aceitam o processamento penal dos acusados. A partir do recebimento pelo juiz, as denúncias transformam-se em ações penais e os denunciados passam a ser réus. Hoje foram recebidas as duas maiores denúncias – uma envolvendo 29 acusados em operações supostamente ilícitas de remessa de divisas ao exterior por meio dos bancos Banestado e Del Paraná, e outra envolvendo 25 acusados de irregularidades praticadas via Banco Araucária. As outras sete denúncias continuam sendo analisadas pelos juízes da vara.

Os juízes federais já determinaram o interrogatório dos réus para o próximo mês de setembro. Após o depoimento, cada réu terá até três dias para arrolar, no máximo, 8 testemunhas de defesa.