O presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Justus, avisou aos seus interlocutores próximos: vai lutar até o último dia contra o seu afastamento do cargo, pedido ontem pelo Ministério Público Estadual.