No último dia útil de 2018, mais nomes da equipe do futuro governador Ratinho Junior (PSD) foram indicados. Os ocupantes das secretarias já haviam sido anunciados, mas vários cargos de comando seguem em aberto e estão sendo preenchidos gradualmente. Com o anúncio da tarde desta sexta-feira (28), 13 dos 38 postos que estavam vagos foram ocupados. Outros nomes do primeiro escalão devem ser divulgados nas próximas horas.

+ Fique esperto! Perdeu as últimas notícias de hoje sobre segurança, esportes, celebridades e o resumo das novelas? Clique agora e se atualize com a Tribuna do Paraná!

Nem todos os cargos que restam, contudo, terão indicados nos primeiros dias de governo. Segundo o futuro secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva, a proposta de reforma administrativa prevê que muitas funções de comando sejam absorvidas por secretarias. Assim, os cargos serão acumulados interinamente pelos secretários indicados. É o caso, por exemplo, do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), que será comandado temporariamente pelo indicado para a Secretaria de Sustentabilidade Ambiental, Marcio Nunes.

Veja a lista dos indicados nesta sexta-feira (28):

Alvaro Cabrini, no Paranacidade;

Carlos Pessoa, no Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes);

Daniel Wesley Vilas Boas Rocha, na chefia de gabinete do governador;

Débora Grimm, na Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar);

Eraldo Alves das Neves, na Agência de Fomento do Paraná;

Fabio Camarota, da Fundação Dom Cabral, na presidência do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar);

Gilson de Jesus dos Santos, na Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba;

Major Welby Pereira Sales, na Casa Militar;

Marcos Sebastião Rigoni de Mello, na Junta Comercial do Paraná (Jucepar);

Natalino Avance de Souza, que irá acumular, temporariamente, o Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) e o Centro de Agroecologia;

Otamir Cesar Martins, na Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar);

Ramiro Wahrhaftig, que foi secretário de Ciência e Tecnologia no governo de Jaime Lerner, assume a Fundação Araucária;

Richard Golba, nas Centrais de Abastecimento do Paraná (Ceasa).