A presidente Dilma Rousseff dedicou atenção à família do ex-vice-presidente da República José Alencar, após chegar ao velório, no Palácio da Liberdade, região central de Belo Horizonte (MG). Dilma conversou, principalmente, com Maria, bisneta de Alencar. Enquanto isso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva passou parte do tempo conversando com o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

No saguão nobre, dividem o espaço os senadores Marcelo Crivella (PRB-RJ) e Itamar Franco (PPS-MG), os presidentes do Senado Federal, José Sarney (PMDB-AP), e da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), o ministro das Relações Institucionais, Luiz Sérgio, além do ex-governador de Minas Gerais Francelino Pereira. No saguão, Lula também trocou palavras com Itamar.

Na saída do velório, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, disse que veio prestar a última homenagem ao ex-vice-presidente e lembrou que Alencar também era presidente emérito da Fiesp. “É um exemplo a ser seguido”, ressaltou.