A reordenação do governo do Estado para dar lugar aos novos aliados políticos no primeiro escalão será formalizada amanhã, com a posse de seis secretários de Estado. A solenidade está marcada para as 11 horas, no Palácio Iguaçu, e terá a presença de pelo menos um ministro, Paulo Bernardo, do Planejamento. Entre os seis, três já ocupavam cargos no governo durante o mandato anterior do governador Roberto Requião (PMDB).

O PT estará representado na nova administração de Requião pelos secretários da Agricultura e Abastecimento, Walter Bianchini, do Planejamento e Coordenação Geral, Enio Verri. O ex-deputado estadual petista Natálio Stica, que não se reelegeu para o cargo, vai ser indicado para uma diretoria da Sanepar.

A ala do PSDB, que apoiou a reeleição de Requião, ganhou a Secretaria do Trabalho e Promoção Social e uma indicação para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas. O escolhido para o governo foi o deputado estadual Nelson Garcia. O titular da vaga de conselheiro, o ex-deputado estadual Hermas Brandão, decide no início do próximo mês se toma posse no cargo.

Os demais auxiliares de Requião que tomam posse hoje já faziam parte de sua equipe. Alguns voltam a ocupar a mesma função. É o caso dos secretários da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Virgílio Moreira Filho, e do secretário especial de Chefia de Gabinete, Vanderlei Iensen. Os dois se afastaram no ano passado por um curto período. Iensen voltou à Assembléia Legislativa para concorrer à reeleição. O projeto fracassou e ele retorna ao governo. Moreira Filho saiu para concorrer à presidência da Associação Comercial do Paraná. Ganhou, mas decidiu aceitar o convite para voltar ao governo.

O novo secretário de Obras Públicas, Marcelo Almeida, não retorna para o mesmo cargo. Durante os quatro anos do segundo mandato, ele ocupou a direção- geral do Detran. Afastou-se para disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Outros aliados do governador também já estão integrando o governo, desde o início do ano, em cargos de segundo escalão. A ex-deputada estadual Elza Correia é coordenadoria da Região Metropolitana de Londrina. O ex-deputado Rafael Greca está na presidência da Cohapar – a companhia de habitação do Estado. O ex-candidato a vice-governador na chapa de Flávio Arns (PT) ao governo, Vitor Hugo Burko (PL) tomou posse na presidência do Instituto Ambiental do Paraná. Os desalojados das secretarias Luiz Caron (Obras) irá comandar uma coordenadoria de obras especiais e Newton Pohl Ribas será deslocado para a coordenação especial do Programa do Leite.