O PMDB divulgou ontem no seu horário de TV uma nova pesquisa eleitoral da Experience Consultoria apontando que o seu candidato ao governo, o senador Roberto Requião, diminuiu para nove pontos a diferençaem relação ao primeiro colocado, o senador Álvaro Dias (PDT). Agora, Álvaro tem 40 pontos e Requião, 31. Comparado à pesquisa anterior, divulgada por Álvaro em seu programa eleitoral em 3 de junho, Requião cresceu 17 pontos e Álvaro caiu 10. O candidato do PT, Padre Roque, tem 8%, o tucano Beto Richa 4% e Rubens Bueno, do PPS, 2%. Os que não sabem ou não opinaram somam 9%; Os que declararam que não votam em nenhum candidato, vão votar em branco ou nulo, são 6%.

Na pesquisa espontânea, há um empate entre Requião e Álvaro, ambos com 15% das indicações. Já Padre Roque, Beto Richa e Rafael Greca empatam na espontânea, com apenas 1%. Outro motivo para otimismo dos peemedebistas: Requião é o preferido entre os jovens que vão votar pela primeira vez. Ele tem nessa faixa 41% das preferências, contra 33% de Álvaro, 7% de Padre Roque, 4% de Beto Richa e 2% de Rubens Bueno. A preferência dos jovens por Requião já vinha sendo indicada por várias pesquisas anteriores, inclusive as do IBOPE. A pesquisa da Experience foi feita entre 4 e 9 de junho, e ouviu 1.500 eleitores em todo o Estado. A margem de erro é de 2,6%, com um nível de confiança de 95,5% para o total.

STF

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Carlos Velloso determinou anteontem o arquivamento do mandado de segurança impetrado pelo senador Roberto Requião contra liminar concedida pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Nelson Jobim, que manteve a validade do edital convocatório da Convenção Nacional do Partido do PMDB, ocorrida no último sábado.