Com 94,8% das urnas apuradas no Paraná, Oriovisto Guimarães (Podemos) e Flávio Arns (Rede) estão eleitos como senadores pelo Paraná. Roberto Requião (MDB), tido como favorito, ficou com a 3ª colocação. Beto Richa, que também figurava entre os favoritos, despencou e tem apenas 3,5% dos votos e ficou na 6ª posição.

ACOMPANHE A APURAÇÂO EM TEMPO REAL

Oriovisto Guimarães (Podemos)

É um dos fundadores do Curso Positivo em 1972, que fez história entre os pré-vestibulares de Curitiba. Desde então, o empreendimento se desdobrou em um conglomerado que atualmente possuiu gráfica, editora de materiais didáticos, universidade e fabricante de celulares e equipamentos de informática, entre outras iniciativas. É ex-presidente do Grupo Positivo e ex-reitor da Universidade Positivo. Quando jovem, participou de movimentos estudantis que combatiam a ditadura militar (1964-1985). Apesar de ter sido filiado ao PSDB por mais de dez anos, nunca havia disputado uma eleição ou ocupado cargo público.

Flávio Arns (Rede)

Casado(a), Professor de Ensino Superior, nascido em 09/11/1950 em Curitiba-PR, candidato a Senador no Paraná pelo REDE – Rede Sustentabilidade. Sobrinho de Zilda Arns, sempre militou na promoção social e na luta por direitos das pessoas com deficiência. Já foi deputado federal, senador, vice-governador e secretário de Estado – atualmente está sem mandato. Numa carreira política curiosa, já esteve no PSDB e no PT e, como completo azarão, elegeu-se senador em 2002, derrotando o ex-governador Paulo Pimentel.