Em busca da ampliação das alianças partidárias em torno da sua candidatura ao governo, o senador Osmar Dias (PDT) passou o dia ontem em negociações com dirigentes do PTB e o PSB. Osmar, que já tem o apoio do PP, também está conversando com o nanico Prona.

Ontem, o deputado estadual José Domingos Scarpelini disse que o PSB está próximo de fazer uma coligação majoritária com o PDT. Ou seja, o PSB pode declarar apoio formal a Osmar, mas não faz coligação para as disputas das vagas à Assembléia Legislativa e Câmara dos Deputados. Além dos contatos com o PDT, o PSB foi procurado ainda pelo candidato do PPS, Rubens Bueno, que também tem interesse numa aliança com o partido.

No PTB, Osmar tem conversado com o presidente nacional da sigla, Flávio Martinez, e o presidente estadual, deputado federal Alex Canziani. Mas os petebistas também estão mantendo contatos com o PMDB.