Depois da ministra da Cultura, que devolveu as cinco diárias recebidas no período em que fez viagem não oficial ao Rio de Janeiro, o ministro paranaense Paulo Bernardo, das Comunicações, também devolveu diárias recebidas para uma viagem a Curitiba.

De acordo com o Portal da Transparência do governo federal, Paulo Bernardo recebeu R$ 1.381,18 por diárias em Curitiba, entre os dias 30 de abril (sábado) e 2 de maio (segunda). O ministro tem casa na cidade e, naqueles dias, não teve compromisso oficial, segundo sua agenda. A assessoria do ministro informou que a devolução será feita após o retorno de Paulo Bernardo, que está em viagem para a Coreia.

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, também devolveu R$ 1.365,96 por dias em que ele não tinha compromissos de trabalho em Salvador, onde ele tem residência. Em uma viagem, entre os dias 12 e 17 de janeiro, o ministro teve compromissos oficiais em dois dias, mas foi pago por quatro. Há outros casos de recebimento de diárias na mesma situação nos meses seguintes. A assessoria diz que um houve erro e que o ministro devolverá o dinheiro.

Leia mais

Ana de Hollanda diz que continuará no Ministério da Cultura