O candidato ao governo de Minas Gerais, Pimenta da Veiga (PSDB), disse, por meio de nota, que a chegada de Antônio Aureliano (PSDB) ao Senado na vaga de Clésio Andrade (PMDB), que renunciou ao cargo, reforça a representatividade do Estado. “Minas Gerais ganha muito com o novo senador. O Senado da República fica ainda mais forte no que diz respeito à defesa dos interesses do nosso Estado”, disse Pimenta.

Filho do ex-vice-presidente da República e ex-governador de Minas, Aureliano Chaves, Antônio Aureliano foi deputado federal e secretário de Transportes de Minas Gerais e do Distrito Federal. Atualmente, é presidente do Conselho de Ética do PSDB-MG. Foi colega de bancada de Aécio Neves na Câmara. “O mandato de Antônio Aureliano no Senado está em plena sintonia com as propostas defendidas por Aécio Neves em sua candidatura à Presidência. Minas só tem a ganhar com essa união de esforços”, avaliou Pimenta. No Governo de Minas, Antônio Aureliano exerceu, também, o cargo de presidente da Companhia de Habitação do Estado (Cohab-MG).

O candidato desejou, ainda, uma breve recuperação ao senador Clésio Andrade, cuja renúncia se deveu a tratamento de problemas de saúde. Amanhã à tarde, Pimenta, junto com o seu vice, Dinis Pinheiro (PP), e o candidato ao Senado, Antonio Anastasia (PSDB) farão o lançamento oficial de suas candidaturas em Montes Claros, norte de Minas Gerais.

Paraná Online no Facebook