Cerca de 250 famílias de sem-terra ligadas à Central Única de Trabalhadores (CUT) e a um grupo dissidente do Movimento dos Sem-Terra (MST) foram despejadas hoje pela Polícia Militar (PM) das fazendas Ouro Verde e Maria Mazarelo, em Pederneiras (SP). As áreas tinham sido invadidas no dia 29 de setembro.

O despejo foi determinado pela Justiça em ações de reintegração de posse movidas pelos proprietários. Foram mobilizados contingentes da 6ª Companhia de Pederneiras e da Força Tática do 40º Batalhão de Bauru para a ação. De acordo com a PM, os invasores não resistiram à desocupação e retornaram para assentamentos da região.