Os deputados estaduais do PMDB assumiram o compromisso de mobilizar os presidentes do partido e os prefeitos em suas regiões de atuação para um encontro com o vice-governador Orlando Pessuti (PMDB) no próximo dia 20, em Curitiba, no Jockey Clube. Pessuti vai tentar envolver lideranças do partido no seu projeto de se candidatar ao governo que ainda esbarra em resistências internas.

O vice-governador convidou o presidente da Câmara, deputado Michel Temer, para a conversa. Será o primeiro encontro entre o pré-candidato do PMDB e os representantes do partido nos municípios.

Eles são tidos como vitais no processo de consolidar Pessuti como candidato do partido, ainda mais quando alas do PMDB se inclinam para um acordo com o PSDB em torno de uma possível candidatura do prefeito Beto Richa, ao governo.

“Nesse momento, todos temos que ajudar a construir a candidatura. E lá na frente vamos ver, se tem viabilidade ou não”, disse o deputado Dobrandino da Silva, que está sendo questionado pelo diretório estadual sobre sua fidelidade ao projeto do PMDB, depois que seu filho, o ex-prefeito de Foz do Iguaçu Sâmis da Silva transferiu-se para o PSDB. “Isso é outra coisa. O Pessuti é meu amigo e sabe que pode contar comigo, se for candidato”, disse.