Mesmo com duas impugnações, o PSD, Partido Social Democrático está oficializado no Paraná. Por unanimidade, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral – TRE do estado deferiu o pedido de registro da nova sigla, fundada pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab e que, no Paraná, será comandado pelo deputado federal Eduardo Sciarra. O Paraná é o sexto estado onde o PSD conseguiu registro. O partido precisa estar registrado em nove estados para pleitear seu registro nacional.

O pedido de registro do PSD foi impugnado pelos diretórios nacionais do DEM e do PTB. A direção nacional do DEM questionou a autenticidade das assinaturas dos eleitores, que amparam a criação do novo partido. Já o PTB nacional alega que a sigla, que já existiu, está registrada em nome do partido e não poderia ser usada por um novo grupo. As direções dos dois partidos ingressaram com impugnações nos tribunais regionais eleitorais de todo o país.

O relator do registro, juiz Luciano Carrasco Falavinha, não considerou as impugnações e votou pela concessão do registro. Voto acompanhado pelos demais magistrados do TRE. “Estamos muito satisfeitos com o desfecho, que comprova nossa conduta adequada, sempre dentro da lei”, disse Eduardo Sciarra. “Agora é aguardar o julgamento em outros estados. Hoje ainda julga em Roraima e, amanhã, em cinco estados. Então, devemos atingir com folga esses nove amanhã. Assim, até o fim da semana que vem, teremos nosso registro definitivo”, acrescentou.

Para o deputado, o deferimento do registro no Paraná tira a insegurança de alguns políticos que ainda não definiram sua transferência para o PSD. “Não tenha dúvida que, a partir de agora, mais gente com mandato vai nos procurar”, disse. Sciarra informou que o PSD já está estruturado em 277 dos 399 municípios do Paraná e que espera, até o prazo de filiação partidária para as eleições do ano que vem, atingir 95% dos municípios do Estado. “Com candidato a prefeito em muitos deles. Estamos nascendo com musculatura”, declarou.