O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Castro, Moacyr Elias Fadel Junior, comemorou a aprovação da emenda de autoria dos deputados Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) e Humberto Souto (PPS-MG), que prevê a distribuição dos royalties da exploração da camada pré-sal a todos os municípios brasileiros.

Fadel recomenda, porém, cautela aos prefeitos. A matéria ainda precisa ser aprovada no Senado e sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Mas o governo tem mostrado resistências na aprovação do projeto, que prejudica três Estados: Rio de Janeiro, Espírito Santo e Sergipe.