O promotor de Justiça Thiago de Farias Godoy foi assassinado com cerca de 20 tiros, na manhã desta segunda-feira, 14, em Itaíba, no Agreste (PE), na Rodovia PE-300, quando se dirigia para o trabalho. De acordo com a polícia, o carro de Godoy foi seguido por outro e, depois do primeiro disparo, teria sido bloqueado. Os assassinos teriam, então, o executado. A noiva de Godoy estava dentro do automóvel, mas conseguiu escapar.

O secretário estadual de Defesa Social, Wilson Damázio, afirmou que o crime é considerado “prioridade um”. Foram enviados dois delegados a Itaíba para investigar o caso e o helicóptero da secretaria ajudará nas buscas dos criminosos. O procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon, também se deslocou para a cidade, a 330 quilômetros do Recife.