Mais de 50 cabos eleitorais do candidato a deputado federal Kennedy Alencar (PTB) protestaram, na tarde de ontem, em frente ao comitê central de campanha do candidato, no centro de Curitiba. Há dois meses, cerca de 300 pessoas foram contratadas pelo comitê de Kennedy para fazer panfletagem e pintura em muros. Segundo Cláudia dos Santos, que trabalhava na campanha, o salário prometido variava de R$ 300,00 a R$ 500,00. Até o fechamento desta edição, os cabos – eleitorais estavam reunidos com o pai do candidato, que seria responsável pelos pagamentos. No comitê de Kennedy Alencar, a informação era de que o pagamento seria feito individualmente.