O PMDB e o PT da Paraíba vão cobrar a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em João Pessoa e Campina Grande, os dois maiores colégios eleitorais do Estado, na campanha à reeleição do governador José Maranhão (PMDB). O governador já iniciou as articulações políticas para o segundo turno junto com o seu candidato a vice, o deputado petista Rodrigo Soares.

Para hoje à noite, estava prevista uma reunião do diretório estadual do PT para definir a linha de atuação da militância no segundo turno. Os deputados eleitos Frei Anastácio, Luciano Cartaxo e Anísio Maia serão os responsáveis pela mobilização da militância petista e já estão articulando apoios para Maranhão.

Já o candidato rival Ricardo Coutinho (PSB) dispensou a empresa do publicitário Duda Mendonça, responsável pelo marketing de sua campanha no primeiro turno. A partir de agora, a tarefa ficará a cargo de duas empresas paraibanas: Mix Comunicação e Antares Comunicação.

Os dois candidatos ao governo da Paraíba já iniciaram contatos em busca de apoios. Coutinho anunciou a adesão do prefeito do município de Esperança, que votou no governador no primeiro turno. Maranhão, por sua vez, anunciou o deputado estadual mais votado, Antônio Petrônio de Souza (PTN), conhecido como Toinho do Sopão, que obteve 57.592 votos.