A executiva estadual do PTB do Rio Grande do Sul expulsou do partido o ex-diretor de serviços administrativos da Assembléia Legislativa Ubirajara Amaral Macalão, acusado de participar de um esquema de fraude na compra de selos no Estado, escândalo descoberto há um mês. Uma sindicância da Assembléia Legislativa indicou que foram desviados cerca de R$ 3 milhões dos cofres públicos.

O caso passou a ser investigado pela Polícia Federal, que vai apurar se havia envolvimento de funcionários e de franqueados dos Correios no esquema. A Polícia Civil também trabalha para verificar se havia outros funcionários e algum parlamentar envolvidos na fraude.