A defesa que fez esta semana da cobrança de pedágio dentro das cidades como forma de restringir a circulação de carros vai render briga boa para o presidente do Departamento Nacional de Trânsito, Aínton Brasiliense. Escandalizado com a posição, o vereador Ney Leprevost (PP) está enviando expediente a todos os deputados federais do Paraná e pretende enviar carta ao presidente da República e aos presidentes dos diretórios do PT protestando contra a idéia, que considera insana.

Brasiliense autorizou recentemente as prefeituras a pagarem as empresas que operam radares eletrônicos por produtividade e liberou os municípios da sinalização das vias públicas onde estiverem instalados os radares.