A Assembleia Legislativa receberá na próxima segunda-feira (14) a visita do reitor do Instituto Federal do Paraná (IFPR), professor Alípio Santos Leal Neto. A convite do presidente da Alep, deputado Nelson Justus (DEM), o reitor fará uma apresentação do IFPR, instituição pública que atua na área de educação profissionalizante.

O IFPR substituiu, em novembro do ano passado, a Escola Técnica da Universidade Federal do Paraná (ET-UFPR), que foi fundada em 1869, o que lhe garante uma rica história.

A nova instituição faz parte da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica que cobre todos os estados brasileiros e que oferece cursos técnicos, superiores de tecnologia, licenciaturas, mestrado e doutorado.

Hoje o Instituto Federal do Paraná oferece 32 cursos em várias áreas como técnicos em saúde bucal, em massoterapia, em aquicultura e transações imobiliárias. As aulas acontecem em quatro campi que funcionam em Curitiba, Paranaguá, Foz do Iguaçu e Londrina, oferecendo aproximadamente 4 mil vagas.

Um plano de expansão da educação profissionalizante proposta pelo Ministério da Educação (MEC) prevê que, em 2010, o IFPR terá mais quatro unidades, desta vez em Telêmaco Borba, Umuarama, Jacarezinho e Campo Largo.

O Instituto Federal do Paraná pretende ampliar sua atuação e a estimativa para o próximo ano é dobrar o número de vagas presenciais hoje ofertadas em todo o Estado.

O projeto de expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica faz parte de uma política pública implementada pelo Governo Federal. No total, foram criados 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia, mas o objetivo é chegar a 354 unidades capazes de ofertar até 500 mil vagas.