O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), apontou mentiras no depoimento do ex-ministro Eduardo Pazuello e pediu ao presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), para “contratar um serviço para fazer uma procura online, uma varredura das mentiras ou verdades pronunciadas”.

“Já tivemos uma primeira amostragem das contradições. O depoente em 14 oportunidades mentiu flagrantemente”, afirmou Renan na tarde desta quinta-feira (20).

>>Leia mais!
Pazuello tenta blindar Bolsonaro na CPI, reage a Renan e mente ao menos quatro vezes
Pazuello passa mal, CPI suspende sessão, e depoimento será retomado nesta quinta

Mais cedo, Aziz pediu a conclusão de um relatório preliminar da comissão, com base nos depoimentos realizados até o momento.

“Com 30 dias de trabalho, faço um apelo para que o [relator] Renan Calheiros apresente um relatório preliminar”, disse Omar.

A hipótese de um relatório preliminar havia sido sugerida inicialmente pelo senador Eduardo Braga (MDB-AM), que defendeu a iniciativa em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.