O PMDB de Curitiba vai permanecer sob o comando do militante Doático Santos. O governador Roberto Requião (PMDB) não quis nem ouvir falar de tirar seu homem de confiança da presidência do partido em Curitiba e sacramentou Doático para mais um mandato, o quarto, na presidência da executiva que será eleita no próximo dia 24 na convenção municipal. A decisão foi ontem, 15, durante a inscrição da chapa com os 45 integrantes do diretório.

Como 1.º vice-presidente do partido em Curitiba, o governador indicou o ex-candidato a prefeito em 2008 e atual assessor especial Carlos Moreira. O deputado federal Marcelo Almeida, que estava sendo apontado como um dos nomes que poderiam suceder Doático na presidência do diretório municipal, também ganhou assento na executiva.

Ele foi indicado como um dos vice-presidentes setoriais. Almeida está encarregado de fazer um trabalho direcionado na capital visando melhorar o desempenho do partido nas eleições majoritárias do próximo ano.

O deputado estadual Alexandre Curi será reconduzido à presidência do Conselho Político do partido, além de ocupar a segunda vice-presidência da executiva. O deputado federal Rodrigo Rocha Loures fica onde está: continua como terceiro vice-presidente.

Além destes nomes, a comissão executiva do PMDB de Curitiba terá ainda Altino Loureiro (secretário-geral), Ivan Ribas (1.º secretário), João Benjamin Santos (tesoureiro), Sheila Toledo (1.º tesoureiro) e os vogais e vices-presidentes setoriais: Luiz Fernando Delazari, Anselmo José de Oliveira, Luiz Pedro Di Lucca e Antonio Augusto Sávio. Além da lista dos 45 membros do diretório municipal e 14 suplentes, serão indicados também na convenção os trinta delegados à convenção estadual.

O deputado estadual Reinhold Stephanes Junior, que lançou o nome de Marcelo Almeida, não integra a lista dos integrantes do diretório municipal de Curitiba, divulgada ontem pela assessoria de Doático. A justificativa é que Stephanes desrespeita as orientações do partido nas votações da Assembleia Legislativa.

Além de Curitiba, todos os demais municípios do estado devem realizar convenções, avisou ontem o secretário-geral do diretório estadual, João Arruda. O prazo para a inscrição das chapas termina hoje, dia 16.