Principal adversário político do atual governador Beto Richa (PSDB), o senador Roberto Requião confirmou nesta terça-feira (16), que será candidato ao governo do Paraná nas eleições deste ano. Em nota publicada no site do MDB o partido afirma que o senador colocou seu nome à disposição para participar da convenção do partido para a disputa de outubro.

No melhor “estilo Requião” o texto ataca o governo. “Vamos por fim ao Tucanistão. Administração de péssima qualidade sem nenhuma preocupação social e com muita corrupção”, reproduzindo um texto publicado pelo senador em suas redes sociais. Tucanistão, segundo os opositores do PSDB, é a dinastia dos tucanos, apelido dado aos membros do partido.

Caso confirmada sua candidatura, Requião deve ter apoio do PT, que já manifestou sua intenção em colaborar com o peemedebista na disputa pelo Palácio Iguaçu. Requião governou o Paraná por três mandatos (1991-1994, 2003-2006 e 2007-2010). Em 2010, foi eleito senador e está no seu último ano de mandato.