O processo de transição entre a atual gestão de Curitiba, comandada atualmente pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT), e o próximo governo municipal, de Rafael Greca (PMN), segue com novas reuniões na próxima semana. As reuniões foram iniciadas no dia 3 de novembro.

Na ocasião, as equipes de transição foram formalmente apresentadas. Vinte e três pessoas da atual administração foram nomeadas pelo prefeito Gustavo Fruet para compor a equipe coordenada pelo atual secretário de Administração e Planejamento (Seplad), Fábio Dória Scatolin.

Também trabalham na transição a superintendente da secretaria de Administração, Ana Cristina Wollmann Zornig Jayme; o procurador do Município, Joel Macedo Soares Pereira Neto; o subprocurador Cícero Juliano Staut da Silva e o secretário municipal de Governo, Ricardo Mac Donald Ghisi.

A portaria assinada por Fruet para a formação da equipe de transição também estabelece a disponibilidade de órgãos da administração direta e indireta da Prefeitura de Curitiba para as demandas apresentada pelos representantes da próxima administração, coordenados por Luiz Fernando de Souza Jamur e com a participação de João Alfredo Costa Filho, João Carlos Baracho, Cynthia Maia Batista e Vanessa Volpi Bellegard Palácios.

Reuniões

A primeira reunião técnica foi realizada no dia 16 de novembro, no gabinete do secretário Fábio Scatolin, com a presença do coordenador do próximo governo. Na oportunidade, foram alinhadas as condutas para o bom desenvolvimento da transição e entregues os documentos solicitados sobre a área financeira e projetos de investimentos. O encontro serviu também para apresentação de novas solicitações.

Outras duas reuniões já estão agendadas para a próxima semana para apresentação das informações referentes ao andamento dos processos de licitações da Prefeitura, levantamentos sobre a área de Recursos Humanos e do projeto de Eletromobilidade.

“A atual administração está empenhada em atender às solicitações, com levantamento e repasse dos documentos solicitados pela equipe de transição do próximo prefeito”, destacou Scatolin.