Foto: Daniel Derevecki

Rossoni liderou uma ação judicial exigindo a publicação dos gastos do governo feitos por meio de cartão corporativo.

O líder da bancada de oposição na Assembléia Legislativa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), ameaçou interpelar judicialmente o governador Roberto Requião (PMDB) com base em matéria publicada na versão impressa do site HoraHNews.

Conforme a reportagem da edição de ontem, 30, que também foi reproduzida no site, Requião teria se referido a Rossoni como ?mentiroso? ao acusar seu governo de não prestar contas das despesas com as diárias pagas a servidores públicos destacados para trabalhos em cidades diferentes daquelas onde prestam serviço.

Conforme o jornal, Requião considera que o líder da oposição não tem ?estatura moral? para criticar seu governo, já que ocupava a liderança do governo nas gestões de Jaime Lerner (PSB). Segundo Requião, Lerner gastou R$ 28 milhões em aluguel de aviões para seus deslocamentos. Rossoni liderou uma ação judicial, assinada por outros deputados de oposição, exigindo a publicação dos gastos do governo feitos por meio de cartão corporativo.

Ao ler as declarações, que de acordo com a direção do jornal, foram feitas pelo governador em entrevista ao jornal, após a escola de governo, realizada na terça-feira, dia 29, o líder da oposição disse que não pode tolerar ofensas pessoais. ?Vou à Justiça exigir que o governador confirme suas declarações e arque com as conseqüências de seus atos irresponsáveis?, disse Rossoni, em discurso na sessão de ontem da Assembléia Legislativa.

O líder da oposição disse que não entendeu o tom usado pelo governador na matéria publicada pelo jornal. O deputado disse que, durante a reunião da escola de governo, Requião tinha sido duro, mas respeitoso nas considerações que fez sobre o líder da oposição, a quem desafiou a mostrar como gasta as verbas de R$ 59,5 mil (para contratação de pessoal e ressarcimento de despesas) que recebe mensalmente na Assembléia Legislativa.

Rossoni prometeu ontem abrir todas as suas contas na próxima semana. O líder da oposição disse que apresentará o relatório das suas despesas à mesa executiva da Assembléia Legislativa para que encaminhe ao governador do Estado. A prestação de contas dos deputados sobre as verbas de ressarcimento, no valor de R$ 27, 5 mil, é feita mensalmente à 1ª Secretaria da Assembléia Legislativa e à Comissão de Tomada de Contas. ?Esta casa mexe com migalhas, não com milhões, como é o caso do governo do estado, ainda assim acredito que nossa contabilidade também deve ser acessível a qualquer cidadão?, disse Rossoni.

À espera

Rossoni disse que continua à espera de que o governador encaminhe para seu gabinete os dados sobre os cartões corporativos na anterior e atual administrações. Os documentos já foram colocados à disposição da Justiça, mas o secretário da Casa Civil, Rafael Iatauro, explicou que o governo está aguardando que o Tribunal de Justiça informe para onde devem ser remetidos. Até ontem, segundo informou a assessoria da Secretaria de Administração, as 120 caixas contendo os extratos estão armazenadas na pasta.