O desembargador Celso Rotoli de Macedo foi eleito presidente do Tribunal de Justiça do Paraná na manhã de ontem para um mandato-tampão de seis meses. Ele assume o cargo em julho, assim que o atual presidente do TJ, desembargador Carlos Hoffmann, se aposentar. Rotoli teve 72 votos do colégio de desembargadores. O pleno do TJ também elegeu os futuros 2º vice-presidente, Sérgio Arenhart, e corregedor-geral, Rogério Coelho, que vão assumir os novos cargos com as aposentadorias compulsórias dos respectivos colegas João Luiz Manasses de Albuquerque e Waldemir Luiz da Rocha.