O candidato a prefeito do PPS, Rubens Bueno, disse ontem que vai derrotar o deputado estadual Angelo Vanhoni (PT) ainda no primeiro turno da eleição. “No primeiro turno, vamos dar o troco àqueles que nos enganaram na última eleição; depois, no segundo turno, discutiremos em profundidade, com tempo adequado, as melhores propostas e soluções para os problemas de Curitiba.”

A afirmação foi feita em resposta a uma estudante universitária que perguntou ao candidato se era verdade que, caso não chegasse ao segundo turno, ele apoiaria o petista. Bueno afirmou que, mesmo fazendo parte da base de sustentação do governo Lula, o PPS vem defendendo há mais de um ano correções de rumo na política econômica.

Rubens Bueno lembrou que, em julho, a direção nacional do PPS aprovou documento formalizando sua posição em relação à política econômica e solicitou audiência ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para lhe entregar o texto. Até agora, a assessoria de Lula ignorou o pedido de audiência feito pela direção do PPS.

“Há decepção com os rumos do governo, que manteve a economia nos trilhos ortodoxos do liberalismo rentista-financista da gestão anterior”, disse Rubens.