O deputado José Domingos Scarpelini (PSB) requereu junto à Mesa Executiva da Assembléia Legislativa que peça providências à Secretaria de Segurança Pública sobre o desaparecimento do cidadão Afrânio Luis Bandeira da Costa, apontado como um dos envolvidos em uma acusação de fraude na campanha eleitoral de 90, que ficou conhecida como o "Caso Ferreirinha".

O requerimento de Scarpelini é um desdobramento do ofício encaminhado pelo governador Roberto Requião (PMDB) sugerindo que a Assembléia Legislativa investigue o deputado do PSB. Em dossiê enviado à Assembléia, o governador menciona alguns processos em que Scarpelini é denunciado por improbidade administrativa durante seu mandato como prefeito de Apucarana, entre 89 a 92.

Scarpelini já foi citado pela Ouvidoria da Assembléia Legislativa para se defender. Ontem, o deputado disse que devido ao fato de o governador não ter mencionado o episódio da campanha eleitoral na denúncia que fez à Assembléia, ele tomaria a iniciativa. Scarpelini já foi aliado político de Requião e foi indiciado por participação na suposta encenação da campanha eleitoral de 94, quando o peemedebista venceu a eleição.