O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, criticou hoje, em Goiânia, o loteamento de empresas estatais, como os Correios, e de órgãos públicos, como o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), pelo atual governo. Também criticou projetos do trem-bala, e afirmou que os aeroportos brasileiros estão saturados ou defasados “pela inoperância da Infraero”, disse.

No encontro de Goiânia, Serra afirmou que, se for eleito, vai combater o tráfico de drogas e de armas, e os índices de violência urbana no País. Para isso, pretende criar o Ministério da Segurança. “O governo federal vai ter de entrar de corpo e alma e alcançar todas as fronteiras do País”, disse Serra, durante encontro com empresários na Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg).