Foto: Aliocha Maurício/O Estado

Beto Richa, Osmar Dias e José Serra na Rua das Flores: elogios para o senador pedetista.

O governador eleito de São Paulo, José Serra (PSDB), afirmou ontem que gostaria de governar em parceria com o senador Osmar Dias (PDT), caso o pedetista vença a disputa da sucessão estadual no Paraná.

Serra veio a Curitiba no início da tarde de ontem e fez uma caminhada até a Boca Maldita, onde declarou apoio às candidaturas de Osmar e do presidenciável tucano Geraldo Alckmin. Em sua manifestação de apoio, Serra foi acompanhado por Osmar, o coordenador político do senador pedetista, Euclides Scalco, o coordenador de campanha de Alckmin no Paraná, prefeito Beto Richa, além de deputados e militantes.

?É importante eleger Osmar Dias não apenas pelo Paraná, mas também pelo Brasil. Vamos trabalhar de mãos dadas como governadores, como parceiros para conduzir a nossa região e o nosso país para um futuro melhor?, disse o governador paulista eleito, que lembrou também que no Paraná se sente em casa. Serra fez elogios a Osmar – ?sou testemunha das qualidades de Osmar, da qualidade política, de integridade e de amor pelo Paraná?. E disse também que ?eleição é ventania e nós viemos aqui para soprar ventania a favor do Osmar Dias e do Geraldo Alckmin?.

A respeito das pesquisas que apontam Alckmin perdendo para Lula na eleição presidencial, Serra comentou que elas fotografam um momento, mas não a dinâmica das intenções de voto. ?Não estou dizendo que estão erradas, mas não captam a subjetividade do momento em que o eleitor entra na cabine para votar?, disse. Para ele, o desafio de derrotar Lula continua e é preciso trabalho duro para se obter o resultado nas urnas, contrariando as pesquisas.

Osmar, em seu discursou, reafirmou que sua eleição vai representar uma maior parceria entre Paraná e São Paulo. Ele disse que vai se basear em idéias do Serra para que fazer com que o Paraná volte a crescer. Para Osmar, o apoio de Serra é significativo, já que ele teve uma votação expressiva no Paraná quando foi candidato a presidente.

Pró-Lula

Enquanto Serra fazia ato de apoio a Osmar e a Alckmin, o governador reeleito do Mato Grosso, Blairo Maggi (PPS), esteve em campanha pró-Lula no oeste do Paraná, num encontro com 300 produtores rurais de Cascavel. Maggi afirmou no evento que a candidatura de Lula é a melhor solução para os problemas do agronegócio brasileiro. Segundo ele, atualmente há diálogo entre Lula e o setor produtivo. ?Há vontade política e uma equipe de governo que tem conhecimento da realidade para resolver os problemas do campo?, declarou.

Para Maggi, Lula conquistou a estabilidade econômica, criou condições para o desenvolvimento do país, além de ter se comprometido com a melhoraria a infra-estrutura brasileira, para diminuir os custos da produção.

O governador do Mato Grosso atribui também seu apoio à Lula por causa da necessidade de que o agronegócio tenha uma boa interlocução num eventual segundo mandato. Para ele, é preciso de diálogo com o governo federal. Maggi afirma que, ao desconsiderar o governo Lula, determinadas lideranças do setor cometem um erro por não manterem as portas abertas.