Servidores do Judiciário do Estado do Rio se reuniram em um protesto na frente da sede do Tribunal de Justiça, no Centro da cidade. O ato é organizado pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Rio (SindJustiça-RJ), que está em greve desde o fim do mês passado. O TJRJ tem 15 mil servidores.

A sede do TJRJ fica a poucos metros da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), onde servidores do Estado já se reuniram na sexta-feira em protesto contra o pacote de ajuste fiscal anunciado pelo governo fluminense.

Entre a extinção de programas sociais, corte de gastos e aumento da receita, a mais polêmica medida do pacote é a elevação da contribuição previdenciária dos servidores, para 30% do salário bruto, ainda que em caráter temporário, por pelo menos 16 meses.