Dezenas de sindicalistas iniciaram na tarde de hoje uma manifestação na Câmara dos Deputados para tentar elevar o valor do salário mínimo para além dos R$ 545,00 propostos pelo governo. A expectativa das centrais sindicais é reunir até amanhã, dia da votação, cerca de 500 sindicalistas na Casa.

A primeira manifestação ocorre no Salão Verde da Casa. Com faixas cobrando um reajuste maior, os sindicalistas reivindicam que o mínimo aumente para R$ 580,00. Esta proposta já foi abandonada pelo presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (PDT), que tenta agora viabilizar o mínimo de R$ 560,00. “Getúlio, Jango e Lula aumentaram o salário mínimo, e a Dilma?”, questiona uma das faixas dos manifestantes.